quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Sobra tanta falta...

Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana
Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo

Sei lá,
Se o que me deu foi dado
Sei lá,
Se o que me deu já é meu
Sei lá,
Se o que me deu foi dado ou se é seu

Sei lá... sei lá... sei lá....
Se o que deu é meu...

Vai saber,
Se o que me deu , quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve
Vai saber,
O que me deu, quem sabe?

Vai saber,
Quem souber me salve...

(-O Teatro mágico-)


As vezes me faltam palavras, ou as vezes encontro nas palavras alheias o que eu penso e quero dizer, por isso gosto de postar músicas..elas sempre dizem realmente o que eu quero mas não consigo.
Sabe aquela sensação de que está faltando alguma coisa, mas você nunca sabe o que é, e que no dia seguinte ela já não existe mais, ou que pelo menos você espera que seja assim? É algo deste tipo.
"Vai saber, quem souber me salve..."

3 comentários:

Carlos disse...

wahh... q poeta =P

Danielly Oliveira disse...

Ok Carlos.. HAHAHAA

Mari Damasceno disse...

'Somos universo de bem maior'

love you!